APTA Regional

 

É Departamento de pesquisa, que tem as atribuições de gerar e transferir conhecimentos científicos e tecnológicos com foco nas demandas das cadeias de produção e nas prioridades institucionais nas áreas de conhecimento de seu campo de atuação, funcionando, ainda, como postos avançados de experimentação, manutenção de bancos de germoplasmas, produção de insumos estratégicos e prestação de serviços especializados.

A APTA Regional, sediada em Campinas, tem a seguinte estrutura:
 
I -   Diretor Técnico de Departamento
       a.  Assistência Técnica
       b.  Comitê Técnico-Científico
               c.  Comissão de Biossegurança
               d.  Comissão de Integridade Científica
               e.  Comissão de ética no uso de animais
               f. Núcleo de Comunicação Científica
               g. Nucleo de Gestão da Qualidade
 
       II -   Centro de Gestão de Pesquisa
               a. Núcleo de Treinamento de Capacitação
               b. Escritório de Apoio Institucional ao Pesquisador
               c. Escritório de Apoio à Gestão de Dados
               d. 18 (dezoito) Unidades Regionais de Pesquisa de Desenvolvimento, subordinadas a elas 18 (dezoito) Equipes Operacionais e (Chefe de Seçao)
 
               Centro de Gestão e Apoio da Pesquisa
               Centro de Atividades Administrativas
 
 
       18 Unidades Regionais de Pesquisa de Desenvolvimento:

sediado em Pariquera-Açu;

sediado em Pindamonhangaba,

sediado em Ubatuba;

sediado em Assis;

sediado em Andradina;

sediado em Presidente Prudente;

sediado em Colina;

sediado em Bauru, com:

sediado em Brotas;

sediado em Gália;

sediado em Marília;

sediado em Piracicaba

sediado em Tietê;

sediado em Itapetininga;

sediado em Adamantina;

sediado em Pindorama;

sediado em Monte Alegre do Sul.

                               sediado de São Roque;